This page contains a Flash digital edition of a book.
Editorial
Quanto vale?
U
ma das tarefas mais ingratas é avaliar objetivamente o trabalho artístico de um violonista.
Com tantos tipos de discursos musicais desenvolvidos no instrumento, uma avaliação sem
critérios é cair no mero gosto pessoal, terreno cruel da subjetividade, mas que no fundo
é o que mexe com cada um. Para isso, certo distanciamento é necessário. Cada gênero musical
possui sua linguagem e seus próprios códigos, que devem ser respeitados para evitar injustiças em
comparações tolas. Não é por que você improvisa em temas de jazz que deve exigir o mesmo de um
violonista clássico, porque definitivamente não é o que este último procura. Da mesma maneira, um
violonista clássico não deve crucificar um grande improvisador por não ter um som extremamente
polido, pois para ele o que conta é o raciocínio rápido, a expressividade e a fluência nas idéias. A
manifestação musical – e de qualidade – pode apresentar-se com ‘vestimentas’ variadas. Resta ao
ouvinte saber identificar essas ‘vestimentas’ ou despi-las do intérprete, se for o caso, para então
avaliar se o trabalho merece ou não considerações.
“Você não deve ter preconceitos, nem com os ‘limpos’ nem com os ‘sujos’. O violão não dá a
mínima, é maior que tudo isso. Tem de ouvir tudo o que é bom”, disse Yamandu Costa, capa da edição ATENÇÃO
deste mês. Verdadeiro fenômeno da música brasileira, o violonista passa pela melhor fase de sua car-
Estamos trabalhando ao máximo para colocar
reira. Prova disso são as freqüentes turnês internacionais e o seu inspirado CD Lida, recém-lançado no
a Violão PRO em dia nas bancas. Por favor,
qualquer dúvida em relação a atraso, entre em
mercado. Não deixe de ler esta entrevista exclusiva.
contato pelo e-mail ajuda@violaopro.com.br
“A obra de um artista parte de uma necessidade visceral de se exprimir, pouco importando se o
resultado é bom ou ruim. Eu me identifico muito com essa forma de criação”, disse a violonista Cris-
tina Azuma, nossa outra entrevistada. Radicada em Roma, Cristina falou de sua carreira, do seu último
Edição 16:
CD dedicado ao compositor Santiago de Murcia e, de quebra, nos presenteou com uma transcrição Quaternaglia,
comentada. Muito legal!
Maurício
Nas demais seções, Miguel de Laet apresenta a matéria especial Bons e Baratos, com dicas de vio-
Marques,
lões industrializados de qualidade e por um preço acessível. Dois artigos muito interessantes merecem
Especial
Técnicas de
destaque: o do luthier Ricardo Dias, que escreve pela primeira vez na revista, sobre regulagens do violão;
Polegar, Artigo
e o de Gilson Antunes, sobre técnicas de memorização musical. No mais, lições, testes, lançamentos e Violão Folk,
novidades do mundo do violão que você só encontra aqui.
Dicas para o
Boa leitura e até o mês que vem!
primeiro recital,
testes, lições e
Fábio Carrilho
muito mais!
Edição de Partituras Fotos Publicidade
Cristiano Petagna Entrevista Yamandu: Dani Gurgel;
Anuncie na Violão PRO
Editor/Diretor
Testes/Produtos
Entrevista Cristina Azuma:
comercial@musicaemercado.com.br
Daniel A. Neves S. Lima
Miguel de Laet
Herve Vilieu
Tel./Fax: (11) 3567-3022
Editor-chefe
Revisão
Impressão e Acabamento
www.violaopro.com.br
Fábio Carrilho Hebe Ester Lucas
Gráfica PROL
e-mail: ajuda@musicaemercado.com.br
(violaopro@gmail.com)
Departamento Comercial
Distribuição exclusiva
Assinaturas: (11) 3567-3022
Redação Eduarda Lopes
para todo o Brasil
Gabriela Gasparin – MTB 52.156 SP
Fernando Chinaglia Distribuidora S/A
Relações Internacionais
Rua Teodoro da Silva, 907 • Grajaú • CEP 20563-900
Reportagens/Artigos Nancy Bento
Rio de Janeiro/RJ • Tel.: (21) 2195-3200
Deise Juliana, Fábio Carrilho,
Administrativo/Financeiro
Gilson Antunes, Juliana Oliveira,
Assessoria: Edicase Soluções para Editores
Carla Anne
Luiz Carlos Seixas, Miguel de Laet, Violão PRO (ISSN 1809-5380) é uma publicação da
Ricardo Dias, Samuel Huh
Direção de Arte Música & Mercado Editorial. Redação, Administração e Publicidade:
Lições
Alexandre Braga Rua Alvorada, 700 • Vila Olímpia • CEP 04550-003 • São Paulo/SP.
Conrado Paulino, Cristina Azuma, Eu- Foto de Capa
clides Marques e Nilo Sérgio Sanchez Dani Gurgel Esta revista apóia
O que ouvimos na redação
Artista: Fábio Zanon | Título: Scarlatti Artista: Zé Menezes | Título: Gafieira Carioca Artista: Nonato Luiz | Título: Baião Erudito
Sonatas | Gravadora: Musical Heritage | Gravadora: ABZ Digital | Comentário: Zé | Gravadora: Independente | Comentário:
Society | Comentário: Trabalho de Menezes apresenta seus temas de gafieira com Arranjos solo inspiradíssimos de músicas
transcrição altamente violonístico, com uma uma banda da pesada. É colocar para tocar de Humberto Teixeira e Luís Gonzaga.
interpretação primorosa. Uma das melhores que a festa está garantida. Adaptação perfeita da linguagem da
gravações de Zanon. sanfona para o violão.
4
Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60
Produced with Yudu - www.yudu.com. Publish online for free with YUDU Freedom - www.yudufreedom.com.