This page contains a Flash digital edition of a book.
Testes
Para fazer a seção Na Estrada, a Violão PRO optou por publicar análises de músicos que vivem e trabalham diariamente com
Na Estrada
o instrumento aqui mostrado. Envie para nós a análise de seu violão. Se ela for publicada, você ganha uma assinatura
trimestral da Violão PRO. Os critérios para a publicação serão: qualidade das informações, clareza da análise e senso crítico.
Envie para ajuda@musicaemercado.com.br, aos cuidados de Editorial Violão PRO, mencionando Na Estrada.
SAMUEL CARVALHO CLÁSSICO CEDRO
Conheci o trabalho do Samuel Carvalho em 2004, quando fui pre-
miado em um concurso com um de seus instrumentos. Como ele
tinha ido ver as provas, conversamos bastante e nos tornamos ami-
gos. Não tenho dúvidas em dizer que o Samuel é um dos grandes
luthiers brasileiros da atualidade. Uma característica que o difere
da maioria é que ele estudou para ser concertista, mesmo depois de
ter se dedicado à luthieria, e ainda toca num nível muito alto! Essa
experiência fez com que ele desenvolvesse um ouvido extremamente
apurado na busca pelo equilíbrio entre volume, projeção e qualida-
de de timbre em seus instrumentos. O modelo que uso é de 2007
e pertence à sua série especial. Possui fundo e laterais de jacarandá-
da-bahia, tampo de cedro canadense e escala de ébano. Esse violão
possui um equilíbrio e clareza de som impressionantes, somados ao
Margareth Leite
timbre cheio e redondo do cedro. Além disso, tem grande projeção
e volume (cheguei a tocar com orquestra sem microfone!), ótimo
Marca: Luthier Samuel Carvalho (São Paulo/SP)
sustain, variações de nuances de timbre (difícil de achar em violões
de cedro), além de ser fácil de tocar. É um violão que tem resposta
Modelo: Clássico Cedro – Série Especial
rápida e vai até onde você quer. Se estiver precisando de mais som,
Músico: João Carlos Victor – Salvador/BA
ele te dá sem estalar, pois ‘agüenta pancada’! Estou muito satisfeito joaocarlosvictor@yahoo.com.br
com esse instrumento e recomendo a todos o trabalho do Samuel
Informações: www.samuelcarvalho.net
Carvalho. Um grande abraço e muito estudo!
ROZINI RX1-C
Dentre os meus violões, possuo um pelo qual tenho um carinho mui-
to especial: o Rozini RX1-C, modelo fl at de cordas de náilon. Quando
o vi em uma loja no início de 2004, foi paixão à primeira vista! Naque-
la época buscava um instrumento para gravar em meu estúdio caseiro
músicas estilo MPB e chorinhos, e também para apresentações em
palco. A sua confi guração é a seguinte: tampo em pinho sueco maciço,
faixa e fundo em mogno com acabamentos em marchetaria, braço em
cedro com tensor regulável, escala e cavalete de jacarandá-da-bahia.
Seu acabamento natural fosco é excepcional, sem nenhum defeito apa-
rente, conferindo um visual rústico e elegante. Seu timbre é brilhante,
doce e bem equilibrado. Possui volume razoável, mesmo sendo um
violão fl a t (com bojo mais estreito). Alguns dias após ter adquirido o
Arquivo pessoal
violão, resolvi levá-lo à fábrica da Rozini para ajustar o instrumento
à minha pegada e instalar a captação ativa H-300. Aliás, fui recebido
Marca: Rozini
pelo próprio José Roberto Rozini, que fez questão de me apresentar à
Modelo: RX1-C Flat Náilon
sua equipe e me levar para um ‘tour’ pela fábrica. Voltando ao violão,
Músico: Marcos Fábio Guarnieri Borges – São Paulo/SP
seu som plugado é mais brilhante ainda, talvez até demais, mas isso
mfguarnieri@hotmail.com
pode ser amenizado com o equalizador. Costumo deixar o equalizador
do violão na posição fl a t e ajustar os graves e agudos no software de
Informações: www.rozini.com.br
gravação ou então no amplifi cador. Fica aí a dica!
36
Page 1  |  Page 2  |  Page 3  |  Page 4  |  Page 5  |  Page 6  |  Page 7  |  Page 8  |  Page 9  |  Page 10  |  Page 11  |  Page 12  |  Page 13  |  Page 14  |  Page 15  |  Page 16  |  Page 17  |  Page 18  |  Page 19  |  Page 20  |  Page 21  |  Page 22  |  Page 23  |  Page 24  |  Page 25  |  Page 26  |  Page 27  |  Page 28  |  Page 29  |  Page 30  |  Page 31  |  Page 32  |  Page 33  |  Page 34  |  Page 35  |  Page 36  |  Page 37  |  Page 38  |  Page 39  |  Page 40  |  Page 41  |  Page 42  |  Page 43  |  Page 44  |  Page 45  |  Page 46  |  Page 47  |  Page 48  |  Page 49  |  Page 50  |  Page 51  |  Page 52  |  Page 53  |  Page 54  |  Page 55  |  Page 56  |  Page 57  |  Page 58  |  Page 59  |  Page 60
Produced with Yudu - www.yudu.com. Publish online for free with YUDU Freedom - www.yudufreedom.com.